pßgina inicial
nossos produtos
espašo mulher
espašo crianša
cartŃo virtual
papel de parede
receitas
saiba mais sobre o aš˙car
fale conosco
nossa empresa
 

Ano Novo: o que dizem os astros, as cartas, os números...



 
 

O ano de 2006 pede um colorido especial em nossas vidas. Por isso, a idéia é utilizar as cores com intenção, seja na alimentação ou nas roupas. Elas colaboram muito para o nosso bem-estar. É o que diz a terapeuta naturalista Eristela Welly, que atua em Astrologia, Bioenergia, Numerologia, Cromoterapia e com Reik, Feng Shui, Tarô e Runas.

Para a virada do ano, uma das cores escolhidas é o dourado. “A cor da prosperidade. Seu uso mais freqüente é no chacra coronário, no topo da cabeça, favorecendo a conexão com o mundo espiritual. Iniciaremos o ano num domingo, o que representa na Astrologia a regência do Sol, com sua vitalidade e brilho”, diz.

O verde também terá a função de facilitar o equilíbrio físico. “Temos que cuidar do corpo e dar a ele a atenção necessária”, avisa. Essa cor está relacionada ao chacra cardíaco, à imunidade e ao nosso equilíbrio físico. Já o rosa, a cor do amor incondicional, colabora com o equilíbrio emocional. “Será fundamental em 2006 trabalharmos a auto-estima, o auto-amor, pois sabemos que as muitas doenças são somatizações”, aconselha.

O azul ajuda na concentração, amplia a visão de mundo, favorece a clareza de padrões, valores e dons. É uma cor de limpeza energética e está ligada ao chacra frontal, à visão e à audição. E tem ainda o preto, que para os orientais é uma cor de prosperidade. “É a cor representativa de Saturno, o regente astrológico de 2006. Ao mesmo tempo em que protege, se usada em demasia pode causar depressão”, avisa. Com as dicas de cores para o Ano Novo, é só se preparar para entrar da melhor forma em 2006.

Na Astrologia, Eristela Welly explica que Saturno será o regente de 2006 a partir de março, quando o Sol entra no signo de Áries. Os signos de Capricórnio, Aquário e Câncer serão os três mais beneficiados pelas influências de Saturno. “Sua grande lição é termos maturidade e usarmos a sabedoria com flexibilidade”, diz. “Neste ano, seremos cobrados por nossas ações passadas; o que plantamos iremos colher no tempo certo”.
Já na Numerologia, o regente do ano é o 8 (oito), que indica um ano propício para se trabalhar o equilíbrio - seja material, emocional, mental ou espiritualmente. “Pondere, mas não tema buscar seus objetivos”.

As cartas do Tarô mostram, de acordo com Eristela Welly, que a Justiça será o Arcano que regerá 2006, lembrando que devemos ser equilibrados, justos e imparciais. Há necessidade de que todos se lembrem da ética e do discernimento. “É o ano para lutarmos por princípios e não por paixões. Devemos fazer escolhas refletidas e equilibradas”, finaliza.

Serviço: eristelawelly@sercomtel.com.br

  Leia também:
O ano que se inicia
A tradição na ceia de natal
Organize-se para o final do ano
Plante uma árvore
Moda: peças básicas para compor um guarda-roupa
Água: faça a sua parte na economia desse recurso
Recebendo hóspedes em casa
Carnaval: escolha um roteiro ecológico
Como planejar os gastos
Natal: dicas de presentes baratos e criativos
Viagens: a correria do final do ano

. espaço mulher .